[ editar artigo]

Tempo de espera

Tempo de espera

“Enquanto todo mundo espera a cura do mal

E a loucura finge que isso tudo é normal

Eu finjo ter paciência.” 

 

O poeta Lenine escreveu a canção “Paciência” no ano de 1999. Já se passaram mais de 20 anos e talvez a letra nunca tenha feito tanto sentido como agora. Vivemos um tempo de espera global. A paciência é a virtude do momento.

Mas como é possível gerar e desenvolver a paciência interiormente frente a um mundo repleto de urgências cotidianas? O que fazer para não se acomodar na situação mas vivenciar o tempo de espera de maneira produtiva?

A era do fast food e as disrupções tecnológicas da história recente moldaram o ser humano de tal forma que já não se tem mais tempo nem espaço para a reflexão. Pensar sobre o momento presente, trabalhando interiormente tudo o que acontece ao redor, é uma forma de gerar paciência de dentro pra fora sem impor a si mesmo uma zona de conforto limitante. Pelo contrário, funciona como um exercício de autoconhecimento.

Assim, quando a gente se permite esperar de forma ativa, sem cobranças exageradas mas não deixando de cumprir obrigações diárias, esse processo de autoconhecimento torna-se não apenas frutuoso em benefício próprio mas um ato de ressignificar tudo aquilo que se experimenta. E é Deus quem faz em nós a partir daí.

Ressignificar é olhar de dentro pra fora e encontrar novidade no que a gente vê todo dia. É um ato de extrema liberdade em que a gente pinta o mundo à nossa volta sob um ponto de vista bem particular. Ao viver a experiência de recriar as situações na ótica da fé, o esforço humano toca a misericórdia divina. É este encontro o fruto da espera. Tome posse das bençãos que Deus tem para você!

Os olhos da fé e um coração paciente são ingredientes de terreno fértil para que os milagres aconteçam. Quando falta paciência até mesmo para esperar um vídeo do YouTube carregar não há espaço para ressignificados. O tempo de espera prepara o espaço necessário para que a graça seja derramada. Tenho aprendido que Deus age na espera, não podemos perder o ânimo pois cada dia que passa é um dia a menos neste tempo ruim e um dia mais próximo da cura deste mal.

E como diz São Paulo na carta aos Hebreus (capítulo 10, versículo 39): "Não somos, absolutamente, de perder o ânimo para nossa ruína; somos de manter a fé, para nossa salvação!"

CPlay
Astromar Braga
Astromar Braga Seguir

Professor/ especialista em desenvolvimento humano Missionário Palestrante Escritor

Ler conteúdo completo
Indicados para você