[ editar artigo]

Perdão: um ato que faz bem para o corpo e para a alma!

Perdão: um ato que faz bem para o corpo e para a alma!

Sempre ouvimos falar da importância do perdão pra nossa vida espiritual, são inúmeras as vezes que Jesus reforça a necessidade de perdoar as pessoas que nos feriram. Perdoar é fazer aquela faxina na alma e abrir mão de todo orgulho e desejo de vingança que, muitas vezes, invade nossos pensamentos e nossos sentimentos. Eu posso não te conhecer e não saber das suas dores e lutas, mas sei que alguém já te decepcionou, mentiu pra você ou te fez sofrer... sei que quando a história toda vem à mente, você ainda sente aquela dor no coração por conta de todo processo que viveu ou ainda vive.

Eu também já vivi muitas decepções, e sempre penso que tenho duas opções: ou fico com aquela mágoa ou me abro ao perdão, amparada pela graça de Deus. Não é fácil pedir perdão e nem perdoar, mas temos um Deus que nos ajuda e através da oração, nos liberta de todo mal que a falta de perdão provoca em nós. Existe sabia que um estudo do Journal of Behavioral Medicine, que mostrou que pessoas que praticam o perdão condicional, ou seja, aquelas que só são capazes de perdoar caso a outra parte peça desculpas ou prometa não repetir a ofensa, têm propensão a morrer mais cedo do que os que perdoam incondicionalmente. “Existe um enorme fardo físico em estar machucado e desapontado”, disse a doutora Karen Swartz. Persistir no ressentimento, além de aumentar a irritação, também provoca tristeza e sentimentos de perda de controle, segundo um estudo do jornal Psychological Science. A fé e a ciência comprovam: perdoar/pedir perdão é remédio, para o corpo e para a alma. Peça ao Espírito Santo a graça de perdoar verdadeiramente ou pedir perdão às pessoas que você feriu, isso vai melhorar sua saúde física, mental e espiritual. Já temos doenças demais para nos preocuparmos, vamos viver bem aqui na Terra e ser testemunhas do perdão e do que ele é capaz de fazer em nós. Vocês colherão graças inimagináveis!

Pra encerrar essa reflexão, te convido a rezar e meditar Lucas 6, 37: "Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados;" e depois me conta aqui nos comentários sua experiência com a graça do perdão.

 

Com carinho,

Eliana Ribeiro.

Ler conteúdo completo
Indicados para você