[ editar artigo]

Nascemos únicos mas a Carência pode nos tornar iguais.

Nascemos únicos mas a Carência pode nos tornar iguais.

 

Você é única(o), irrepetível e insubstituível! 
Muitos estão presos ao desejo de ser amado e por essa angústia da rejeição não são o que poderiam ser. 
Quantos se perdem, escondem a sua própria identidade, chegando a ter vergonha de si por medo de não serem aceitos e amados. 
Acabam sendo imitadores! Cópias perfeitas de qualquer alguém: usam o cabelo daquela, com o tom e jeito de falar daquele, com os conceitos e frases de um outro e assim por diante... cadê você?

Muitas pessoas não sabem o que gostam, não assumem o que pensam e se vendem  por medo de serem preteridos. Quantas mulheres e homens aceitam qualquer coisa por uma migalha de carinho! 😔

Temos nos perdido nos outros! 
Em modelos e em pessoas que parecem que sabem mais ou vivem melhor, que possuem uma vida fascinante dos sonhos que não existe! 😫😱 Não existe outro você! Se você não existir como único neste mundo, faltará aqui o seu jeito, o seu sorriso, os seus gosto e a sua maneira única de ser! 
Não se esconda, não se perca, não se venda, não se troque mais! 
Seja você! Talvez você tem a sensação de ser uma farsa, uma mentira, e que se as pessoas soubesse quem você é, não te aceitaria ou mesmo não quereria a sua presença! 
Não! Isso não é verdade! Você é único, não é uma réplica! É original! Você pode ter influência dos que te formaram e com quem conviveu, e isso é natural, mas, seja o melhor que pode ser com as suas experiências! Resgate o seu valor, assuma seus conceitos e a verdade.

CPlay
Diácono João Carlos e Maria Luiza
Diácono João Carlos e Maria Luiza Seguir

Somos Psicólogos Clínicos, Terapeutas Individual, Familiar e de Casal, Mestre em Sexualidade Humana, Logoterapeuta, Neurociêcia, Psicologia Cognitiva, Membros da Comunidade Canção. Nova. Pais da Maria Julia, Ana Clara e João Miguel.

Ler conteúdo completo
Indicados para você