[ editar artigo]

Jesus nos convida à pureza de coração (Mt 3,12) - Kleber Silas

Jesus nos convida à pureza de coração (Mt 3,12) - Kleber Silas

Queridos Irmãos:

A mensagem de hoje consiste no convite de Jesus para que nós seres humanos, pequeninos, dependentes de sua misericórdia, possamos buscar ter um coração bonachão, puro, bondoso, capaz de amar o próximo independente das atitudes que este possa ter.

No evangelho de (São Mateus 3,12), João nos adverte que Jesus:

"Tem na mão a , limpará sua eira e reco­lherá o trigo ao celeiro. As palhas, porém, serão queimadas num fogo inextinguível”.
 
  1. A - Significa o poder do alto, o poder de Deus, a capacidade de separar o que é bom do que é ruim.

     2. O TERREIRO (EIRA) - possui dois significados:

a) local de terra batida, próprio para debulhar, secar e limpar alimentos como cereais, legumes;

b) local em que se cercava a água do mar, para pelo processo de evaporação pudesse ser extraído o sal.

Num sentido figurado, significa o coração humano, onde nasce a bondade ou a maldade. Com a pá, Deus irá limpar este terreiro para que somente prevaleça as coisas frutíferas.

      3. O TRIGO - é o coração bom, BONACHÃO, BONACHEIRO, BONACHEIRÃO, BONDOSO.

      4. O CELEIRO - é o local onde todo cristão deseja morar na eternidade, é o céu, moradia dos que tiverem um coração bondoso durante a travessia da vida terrena.

      5. A PALHA - é o coração mau, capaz de cometer atrocidades com as demais pessoas em busca de vanglória, de benefício próprio.

     6. O FOGO  - é o local onde os maldosos irão morar, onde haverá choro e ranger de dentes, é o inferno.

E o convite de Jesus é para ORARMOS E VIGIARMOS, para que na hora da raiva, dos momentos críticos, possamos pedir o auxílio divino para continuarmos no caminho da santidade, não fazendo justiça com as próprias mãos, para que tenhamos a capacidade de dar uma flor a quem nos arremesse uma pedra, para que tenhamos pureza de coração.

Que Deus abençoe as pessoas para cada dia mais buscarmos o amor, a paciência, a benignidade, a compreensão alheia, para assim começarmos a fazer na terra um pedacinho do céu, onde todo o sofrimento um dia se dispersará.

 

 

CPlay
Kleber Silas Monteiro Ribeiro
Kleber Silas Monteiro Ribeiro Seguir

Missionário, baterista, palestrante, escritor e atualmente faço parte do ministério de pregação da Paróquia Nossa Senhora da Esperança em Brasília.

Ler conteúdo completo
Indicados para você