[ editar artigo]

Ele Voltará!

Ele Voltará!

“Jesus lhes disse: Ó gente sem inteligência! Como sois lentos de coração para crerdes em tudo o que anunciaram os profetas!”. Lc 21,25

Os tempos têm sido difíceis, muitas perdas nesta pandemia, desastres naturais tão presentes nos últimos anos, apostasia, corrupção, e tantos outros fatos que podem ser citados. Mas para nós que cremos não seriam estes parte dos sinais preditos que antecedem o fim da noite que vivemos e a vinda do Sol da Justiça?

Quando me recordo da passagem citada à cima de Jesus dialogando com os discípulos de Emaús, tenho a sensação de que o Senhor diria também a nós: “como sois lentos de coração”. Porque deixar-se dominar pelo pavor? Pelo medo? Pela tristeza? Enchei-vos de Esperança, sua dor há de chegar ao fim.

Esta é a fé da Igreja que proclama em tantos momentos de sua liturgia diariamente que está a esperar o retorno do seu Senhor. A Sagrada Escritura nos traz de maneira muito clara alertas, porém, muitos não gostam de ler estes textos. Outras tantas vezes escutamos os sinais sendo revelados nas aparições de Nossa Senhora sempre procurando preparar o coração dos filhos de Deus.

Muitos profetas também deram seu grito de alerta, e me refiro aos de nosso tempo. Basta consultar os arquivos para encontrar tantas pregações de Monsenhor Jonas Abib e Pe. Léo nos alertando e convidando a proclamar: Maranathá! Vem, Senhor Jesus!

Ao recordar esta verdade a Igreja não procura estipular datas, tão pouco assustar, mas despertar a alegria verdadeira das almas resgatadas, da Noiva do Cordeiro que deve se adornar com a veste do amor, os colares da fé e o véu da esperança. E quando falo da noiva não me refiro a uma realidade abstrata, mas à Igreja, o edifício espiritual formado por você e por mim.

A verdade é que para nós cristãos o futuro não é uma incógnita, mas uma certeza e por ela nos orientamos, erguendo os olhos das tristezas deste mundo e mirando o Horizonte Eterno. Nossos pés podem ainda sentir as dores desta terra, mas nosso coração, ah, este já respira novos ares!

Posso sentir o cheiro das águas...

 

CPlay
Padre Denis Ricard
Padre Denis Ricard Seguir

Pe. Denis-Ricard é reitor do Santuário Nossa Senhora Virgem dos Pobres, cantor, escritor, Mestre em Educação, Arte e História da Cultura, tem realizado missões por todo o Brasil levando através da música e da pregação o amor de Deus aos corações.

Ler conteúdo completo
Indicados para você