[ editar artigo]

A sua dificuldade pode tornar o casamento um problema.

A sua dificuldade pode tornar o casamento um problema.

Muitas pessoas se casam e percebem no dia a dia a dificuldade que é viver a dois. 
Mas, será que o problema é o casamento?

Claro que não é o casamento em si! 
Na verdade são as pessoas que problematizam o relacionamento, gerando conflitos na vivência, divisão e até mesmo separações. 

Nós carregamos dificuldades pessoais que se agravam diante da convivência social e em especial no matrimônio, uma vez que este último, nos propõe o contato com uma mesma pessoa, dia e noite durante anos. 

O casamento costuma ser um lugar onde as feridas ficam expostas; um ambiente onde estes machucados pessoais se encontram e provocam mais dor. 

Na experiência que temos há mais de 20 anos atendendo casais, percebemos, que as inúmeras feridas pessoais, são geradas na própria história de vida e provocam a maioria dos conflitos. 
Encontramos pessoas carentes que buscam amor, reconhecimento, que cobram atenção inteira, exigem perfeição, são autoritários, gritam e não sabem conversar, se isolam ou se expõe ao perigo dos atrativos fora de casa, que se acham superiores ou então inferiores e que por isso humilham o outro ou se sentem os piores. Quantas competições existem no casamento? Inúmeras! Brigam por posição, por autoridade, por cargo, por amor... e brigam... 

Alguns já se casam com tendência a mentira e a traição! 
Quantos vivem a infantilidade de seduzir a outros  constantemente para se sentirem mais bonitos e atraentes?

Outros já se casam com vícios! Vícios a pornografia, masturbação, a compras, a eletrônicos, sexo, drogas, a gritar e a reclamar! 

Muitos de nós culpamos o casamento, e, chegamos a dizer ou pensar que não é uma boa escolha de vida, que não o aconselha ao melhor amigo, mas, isso é uma mentira! 

O problema somos nós mesmos! 

Se você percebe que tem dificuldade, porque todos temos em algum nível, procure ajuda e não permita que a sua família acabe por sua insistência em não mudar. 

Os problemas sem solução, são aqueles que não são reconhecidos e assumidos como algo para ser vencido! 

Cada um avalie a sua dificuldade, pare de culpar o outro e busque cura. 
Se o seu cônjuge não quer buscar peça a Deus que providencie a cura que ele precisa. Mas busque a sua!

CPlay
Diácono João Carlos e Maria Luiza
Diácono João Carlos e Maria Luiza Seguir

Somos Psicólogos Clínicos, Terapeutas Individual, Familiar e de Casal, Mestre em Sexualidade Humana, Logoterapeuta, Neurociêcia, Psicologia Cognitiva, Membros da Comunidade Canção. Nova. Pais da Maria Julia, Ana Clara e João Miguel.

Ler conteúdo completo
Indicados para você